Vídeo Content Marketing

Marcio Chleba
Marcio Chleba

Será que a sua empresa está aproveitando tudo o que um vídeo tem a oferecer? Não apenas a boa qualidade do material precisa ser levada em consideração, mas sim a história que está sendo apresentada e a forma como ela impacta, direta e indiretamente, o seu público-alvo.

Com as tecnologias e a facilidade que as pessoas acessam informações através de notebook, tablets ou celulares, é cada vez mais expressivo o número de clientes logados em plataformas de vídeos ou redes sociais, o que aumentam os números de visualizações e compartilhamentos desses conteúdos.

Cada vez mais pessoas aderindo

Segundo informações do The State of Video Marketing in 2018: Demand Metric Report, cerca de 80% das organizações que participaram do estudo disseram que estão cada vez mais ligadas à conteúdos de marketing que exploram vídeos, sejam eles nas redes sociais ou outros canais de comunicação.

Inúmeras teorias científicas apontam que as pessoas se ligam com maior facilidade em conteúdos de vídeo. O uso de vozes, imagens em movimentos ou bom roteiros tem a capacidade de também deixar os clientes “presos” ao conteúdo que você está apresentando.

Ainda segundo o The State of Video Marketing in 2018: Demand Metric Report, quase 93% dos profissionais de marketing que trabalham nos Estados Unidos já aderiram à campanhas e estratégias em vídeo, o que mostra claramente a tendência do mercado à buscar novas alternativas de prospecção e fidelização de seus clientes.

As várias formas do vídeo content marketing

São dezenas de opções de conteúdo que você pode utilizar ao se tratar de campanhas em vídeo, que vão desde materiais explicativos, narrativos, apenas de apresentação ou, em outros casos, vídeos mais rebuscados, com personagens, enredos, diálogos e aproximação com a realidade dos seus clientes.

O que é importante salientar aqui é que o comportamento dos consumidores mudou. Eles não aceitam mais propagandas abusivas, daquelas que parecem querem empurrar de qualquer jeito o seu produto goela abaixo. Hoje em dia, com essa facilidade de acesso à informação, são os clientes que estão no comando de tudo aquilo que eles querem ver ou acessar.

O vídeo content marketing consegue levar até esses clientes conteúdos de fato relevantes e que vão de encontro aos seus anseios. E caberá a eles seguir com a linha de compra, chegando à conversão ou não. Porém, é notório que os vídeos em marketing têm alcançado bons números, se trabalhados adequadamente e focado nos nichos de clientes em potencial.

Se formos abordar números, para falar das vantagens de aplicar o vídeo content marketing, podemos citar que eles se aproximam dos 53% de propensão de aparecem na página principal do Google se comparado a outras estratégias.

Além disso, segundo a Forrester, de três a cinco clientes topam assistir a vídeos, se eles realmente estiverem interessados no produto. E cerca de 52% dos consumidores disseram que os vídeos os ajudaram a tomar decisões de compra.

É lógico que, conforme dito anteriormente, boas estratégias de marketing precisam vir atreladas aos conteúdos de vídeo. De nada adianta produzi-los de forma aleatória e sem saber, de fato, quais clientes desejo atingir.

Quer saber mais sobre Content Marketing? Veja o link.

Marcio Chleba
Marcio Chleba
Marcio Chleba é sócio fundador da agência Chleba, atuou por 8 anos como professor de pós-graduação da ESPM e é autor do livro “Marketing Digital - Novas tecnologias e novos modelos de negócio”

Quero receber novidades!

Receba nossas dicas e informações e alavanque seus negócios. Sem spam, prometemos.