O que é Data Driven Marketing?

Marcio Chleba
Marcio Chleba

Data Driven Marketing, a tecnologia ajudando no insight

Ter uma visão mais objetiva do que os clientes desejam faz toda a diferença na elaboração das estratégias de marketing. Esse é o escopo central do Data Driven, método preditivo que busca entender o perfil e a jornada dos consumidores, fornecedores e colaboradores, por meio da análise de dados e geração de relatórios. Além disso, pode colaborar na rotina administrativa da empresa: na coordenação de equipes, centralização de informações, redução de erros e gastos, entre outras facilidades.

Outra averiguação interessante que o Data Driven pode fazer pela empresa é usar os dados mensurados para apontar o que está ou não gerando bons resultados, qual produto tem saída ou deve ser substituído e, a partir daí, estimular mudanças de ações, a fim de aperfeiçoar os investimentos em publicidade segmentada, com foco em engajar e fidelizar o público.

De acordo com previsão da IBM, no ano de 2020 mais de 75% das instituições estarão utilizando esse processo para criar soluções inteligentes de mercado.

O Data Driven é feito a partir de um planejamento, apoio tecnológico, como soluções de Cloud Computing (serviços de TI disponíveis em servidores web, compartilhados a vários usuários) e ferramentas como o Google Analytics, conhecido também como o “cérebro dos sites”, afinal, tem o poder de monitorar todas informações como pageviews, taxa de rejeição, origem de acessos (país e cidade), entre outras e, principalmente, pode indicar um norte para os próximos projetos, já que ele é capaz de identificar o conteúdo de maior sucesso no referido site ou blog e ainda capacita a antecipação de tendências de marketing.

Indo um pouco além, a plataforma RD Station de marketing digital é interessante para obter análises mais profundas de resultados e ainda possui funcionalidades mais diversificadas para o gerenciamento e produção de conteúdo, dispensando a necessidade de programadores e designers, por exemplo. 

Seguindo a orientação de dados, naturalmente, as empresas começam o trabalho de Data Driven com o intuito de melhorar a conversão de leads e o tráfego do site ou blog, mas é aconselhável antes de tomar qualquer decisão, verificar todas as etapas do funil de marketing, comparando as métricas encontradas aos números disponíveis por instituições do mesmo segmento. 

Lembrando, que para cada etapa existem fórmulas específicas que precisam ser seguidas e ferramentas adequadas.

Implantar o marketing orientado é dar crédito ao crescimento da empresa, porque 100% das ações podem ser mensuradas, contribuindo para a melhoria da comunicação, da relação com o consumidor final, do fluxo de vendas, produtividade e economia. Vale a pena apostar nessa expertise, o marketing aliado à tecnologia é o futuro para se ter grandes ideias.

Marcio Chleba
Marcio Chleba
Marcio Chleba é sócio fundador da agência Chleba, atuou por 8 anos como professor de pós-graduação da ESPM e é autor do livro “Marketing Digital - Novas tecnologias e novos modelos de negócio”

Quero receber novidades!

Receba nossas dicas e informações e alavanque seus negócios. Sem spam, prometemos.