Google Smart Bidding – Inteligência artificial que melhora o desempenho de suas campanhas

Marcio Chleba
Marcio Chleba

Você já ouviu falar do Smart Bidding do Google? Não? Ele surge como uma promessa de ser a válvula – salvadora – de escape para muitas campanhas online no Google Ads.

Em resumo, o Smart Bidding veio para mostrar que não há limites quando o assunto é marketing digital, e que muitas ações e possibilidades ainda carecem de serem estudas e aplicadas. E, juntamente a isso, também prova que o Google ainda tem um vasto caminho a percorrer quando fala em ferramentas para tal.

 

O Google Smart Bidding

 

Lances inteligentes. Essa é a tradução crua, direta e didática do Smart Bidding. Agora ficou mais claro o entendimento, não é verdade? Ele trabalha com lances automatizados em cima do que já oferece o Google Ads. E mais: Ele consegue funcionar a partir do machine learning do Google, que desenha os seus padrões e funcionalidades através das observações de comportamento, presentes em hábitos de desempenho ou, ainda, nas métricas de páginas online.

O que isso quer dizer então?

Significa que você já deve ter visto uma versão mais antiga do Smart Bidding dentro do Google Adwords, porém, com menos funcionalidades e opções, mas tudo trabalhando a partir do mesmo princípio: As métricas de páginas na internet.

 

Seu funcionamento, sem “rodeios”

 

O Google Smart Bidding é, então, uma somatória de estratégias que, juntas, formam um conjunto muito eficiente para a personalização e automatização de campanhas na internet, aumentando consideravelmente a chance de alcançar o público correto e, assim, alcançar a tão desejada conversão.

Suas estratégias já se baseiam em dados conhecidos do Ads, tais como idioma usado pelo usuário, lista de remarketing, navegadores utilizados, entre outros. Enfim, as opções de análise da ferramenta são inúmeras e todas trabalham com as informações mais aprofundadas visando resultados cada vez mais satisfatórios.

Não podemos esquecer que o objetivo principal do Smart Bidding é rentabilizar o orçamento das campanhas na internet, aproveitando ao máximo todas as informações disponibilizadas.

Se baseando, então, no comportamento dos usuários para definir quais serão os próximos passos a serem seguidos, o Smart Bidding está presente dentro do machine learning, analisando uma grande demanda de dados e, assim, possibilitando previsões mais assertivas de novas ou futuras campanhas.

Pense que os lances automáticos funcionam como um assistente direto que vai diminuir o seu tempo de operacionalização de dados e informações complexas, permitindo que a maior parte do seu tempo livre seja voltada para a criação e inovação em novas campanhas de marketing digital.

Marcio Chleba
Marcio Chleba
Marcio Chleba é sócio fundador da agência Chleba, atuou por 8 anos como professor de pós-graduação da ESPM e é autor do livro “Marketing Digital - Novas tecnologias e novos modelos de negócio”

Quero receber novidades!

Receba nossas dicas e informações e alavanque seus negócios. Sem spam, prometemos.