Datas comemorativas do varejo

Marcio Chleba
Marcio Chleba

Ciclos de venda durante o ano. É com essa definição que podemos começar a falar das datas comemorativas e da sua importância para o varejo. Elas permitem uma maior esquematização de ações visando sempre a conversão e, consequentemente, os lucros.

Mas você sabe, de fato, como aproveitar essas datas da melhor maneira possível? Você sabe como se preparar para elas? É isso que falaremos agora.

 

Falando das principais datas do varejo

 

Podemos destacar ao menos 7 datas comemorativas importantes do varejo para que você se prepara para elas e lucre bastante com ações direcionadas.

São elas: Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Black Friday e Natal.

Antes de mais nada é necessário que você conheça bem o seu público e, também, o seu segmento, evitando “surfar” na onda errada. O que isso quer dizer?

Existem datas com apelo emocional e afetivo mais forte, como o dia das mães, dos pais e o Natal. E toda a ação que vise atacar, comercialmente, essas datas precisam ter cuidados especiais, evitando más interpretações.

Às vezes observamos propagandas que parecem não ter “casado” com o sentido da data, não é verdade? E acredito que você já deva ter feito essa observação. Você olha um anúncio na TV ou internet, por exemplo, na época do Natal, e diz: Nossa, forçaram a barra. O que isso tem a ver com o sentido do Natal?

 

Se prepare, se organize e.… boas vendas!

 

Com a mesma importância de saber se colocar comercialmente em uma data comemorativa do varejo, é entender quais dessas datas são as mais relevantes ao seu tipo de negócio. Uma loja de brinquedos, por exemplo, pode explorar o dia das crianças e o Natal com maior facilidade. Porém, a mesma loja de brinquedos conseguiria explorar o dia das mães, por exemplo?

Antecipar as suas ações também é uma jogada inteligente. Deixe o seu cliente saber, com antecedência, das ações que a sua marca ou empresa estão preparando para uma data específica. Isso pode fazer com que ele até junte um dinheiro ou libere mais limite no seu cartão de crédito para comprar algo com você.

Ah, tão importante quanto vender, é ter estoque. Já imaginou você realiza várias ações de marketing legais, começam a ocorrer conversões e, de repente, seu estoque não deu conta da previsão? Muito provável que esse cliente, frustrado, nunca mais te procure para comprar nada. Estude bem essa questão e jamais, em hipótese alguma, deixe um cliente na mão.

Por fim, entre no clima da data. Seja com decorações e músicas, para lojas físicas, ou layout, banners e artes específicas para as lojas virtuais, o cliente precisa sentir que todos estão envolvidos na atmosfera daquela data e que o seu negócio é, sem dúvidas, a melhor opção que ele vai encontrar.

Marcio Chleba
Marcio Chleba
Marcio Chleba é sócio fundador da agência Chleba, atuou por 8 anos como professor de pós-graduação da ESPM e é autor do livro “Marketing Digital - Novas tecnologias e novos modelos de negócio”

Quero receber novidades!

Receba nossas dicas e informações e alavanque seus negócios. Sem spam, prometemos.